sexta-feira, 9 de outubro de 2009

MUCONDO





































12 comentários:

  1. Permita-me amigo Catalo,uma paquena retificação: A fotografia onde diz Fazenda Mucondo, deve dizer " Fazenda Bombo "Era a Fazenda a poucos km de Mucondo na direcção Quicuzo, Santa Eulália.
    Parabéns pela obra.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Fica a correcçao, meu amigo. Sempre que haja algo a corrigir não se preocupe, pode fazê-lo.
    Um abraço e obrigado.

    ResponderEliminar
  3. Caros ex-combatentes
    Também eu, estive no MUCONDO de Maio de 73 a Agosto de 74, integrado na 2ª C.VAV do B.CAV 8322/72!
    Fiquei extremamente feliz por ver este site e as fotos do "acampamento" onde passei 15 meses da minha juventude nessa guerra sem sentido que tanto nos fez sofrer, mas onde também se criaram sentimentos de incrivel camaradagem.
    Apesar de tudo...que saudades!
    Armando Dias
    Ex-furriel Mil.

    ResponderEliminar
  4. Caro amigo Armando Dias, pelo que vejo no seu comentário, passou o 25 de Abril no Mucondo!
    Tudo leva a crer que foi a sua comp. que fechou as portas e levou as chaves ,,,,
    Também eu e os meus colegas da comp. 2310 do bat. 2833 passamos uma data histórica nesse mesmo Mucondo! A transação do Presidente do Concelho de Ministros de SALAZAR para CAETANO em Setembro de 1968. Pena foi, não sermos nós a fechar a porta !!!!!!
    Um abraço !!!!

    ResponderEliminar
  5. Caros ex combatente, Também passei pelo Mucondo numa estadia de 11longos mêses ou seja 337 dias mais concretamente, dos quais 207 dentro daquelas Tonga e matas que jamais poderei esquecer como tantos de vocês. Lembram-se certamente daquelas picadas para as Fazendas São Paulo, Daladiata, Bela Vista, próprias para as emboscadas e onde sofremos alguns percalços e até feridos. Como enfermeiro da C.Caç. 2512 do B. Caç. 2874, tive ainda de acompanhar e dar apoio a uma Com. de Engenharia na abertura de uma antiga estrada ou picada que ligava a Fazenda São Paulo a Cambambe, isto é, passava pela lendária zona Rochosa do Mufuque, abrigo especial da UPA. Enfim tempos passados.

    Parabéns ao mentor do Blog por ter o Mucondo como referencia. Na realidade foi uma zona que marcou todos quantos por ali passaram. A mim tocou- me de tudo. Até levantar as ousadas de três companheiros que ali foram enterrados nos primeiros anos da guerra.

    Um Abraço e feliz 2011

    Carlos Assado
    S
    S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos Assado quer dizer CAMBAMBA e não Cambambe. Pois aquela picada atravessava a mata do Mufuque, onde tantas operações se fizeram. Um abraço e parabéns por este trabalho.

      Eliminar
  6. Meu caro Carlos Assado
    Como sabe as companhias operacionais sempre que faziam operações mais longas eram substituídas pelas outras. No meu caso(Comp. Caç.2309 sediada em Zemba) fui várias vezes para o Mucondo em substituição da Comp.Caç.2310 e lembra-me que numa dessas alturas estava o meu pelotão na Roça S.Paulo numa saída de rotina quando ouvimos um grande tiroteio, soube posteriormente(quando regressamos a Zemba)que a minha companhia tinha apanhado uma arma na região do Mufuque.Escreva sempre.

    ResponderEliminar
  7. Olá colega, José Joaquim Afonso,(2310).
    No seu comentário anterior, disse que foi o Bat.Cav.8322, que fechou as portas do Mucondo,
    quem fechou as portas do Zemba, do Mucondo e de
    Cambamba, foi o Bat. de Caç.5017, formado na
    Cidade de Chaves. A primeira porta a ser fechada, foi a do Zemba, em 25/10/1974, em seguida foram as outras. A CCS e a Comp.ª Operacional, e o Poletão de Morteiros que estavam no Zemba, foram para Santa Eulália, já
    que deixou de haver, o comando do Sector de Santa Eulália. Eu há uns tempos dei uma passagem pelo blog daquele Batalhão e li essas noticias, no espaço dedicado à história daquele
    Batalhão. Mas no essencial estou de acordo consigo, foi pena não termos sido nós ou outros
    antes de nós a fechar as portas, teriam-se evitado muitas mortes e sofrimentos.
    Para o colega um grande Abraço e até 30/04/2011
    no 17º Convivio do nosso Batalhão.
    Até lá.
    Nelson Henriques

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde amigo Catalo
    Tenho pena de só agora ter tido contacto com este teu trabalho fantástico.
    Já o corri de ponta a ponta e estou encantado.
    Também tenho muitas fotos, vou fazer uma selecção para juntar.
    Já agora, só para ajudar, naquela foto do Mucondo, onde estamos um grupo de furrieis, o que está ao lado do Moreira parece-me ser o Correia.
    Um grande abraço e parabéns.
    Joaquim BARATA.

    ResponderEliminar
  9. Este Mucondo a que se refererm fica a 8 14 14 e 14 32 20 e não no local da foto do Google .Também estive na zona com o meu grupo em operações como a 1020 e fui eu que entrei no celebre Candende Penso ter sido na altura em que a 2310 estava no Mucondo.

    ResponderEliminar
  10. Caro Assado, lembras-te do furriel Correia ? Um grande abraço !

    ResponderEliminar
  11. Caro Assado, lembras-te do furriel Correia ? Um grande abraço !

    ResponderEliminar